Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paranóia World

Hoje quando acordei me senti como se estivesse em outro local
Não sei porque, mas no fundo parece mesmo ser tudo tão real
Talvez eu nem saiba onde estou, só sei que continuar vou
Porque mesmo desnortiado, tenho que continuar concentrado.

Agora posso ver um mundo diferente, como nunca vi antes
O que será isso? Uma maquina do tempo em minha mente
Meus sonhos mais profundos tentando me visitar novamente?
Será mais uma de minha insanias tentando me provocar?

Mas é tudo tão belo, que não tenho coragem de tentar
Achar o resposta para esse tão misterioso lugar
Eu vejos as pessoas que parecem vir a me olhar
Mas me vejo meio que deslocado

Como será que vim parar nesse local tão legal?
E como voltarei ao meu mundo, não sei mais o caminho
Não sei mais como voltar, é tudo tão paranóico
Que não estou mais achando legal, como sair?

Confusão pelas ruas, guerras, onde vim parar
Que louco mundo é esse que pensei gostar
Como posso estar em um lugar que nem parece
Que minha estranha mente está a criar

Tento abrir os olhos e acordar mas não sei se estou sonhando
Tenho dores de cabeça, mas não consigo me desligar
Desde estranho local que está a me sufocar
Máquina do tempo em minha mente, por favor me tire desse lugar.
Rafael Jank
Enviado por Rafael Jank em 21/01/2006
Reeditado em 09/06/2006
Código do texto: T101738

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Jank
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
328 textos (10273 leituras)
3 áudios (83 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:25)
Rafael Jank