Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Profundo Sentido II



Desligando o real para manter o virtual
É assim que funciona meu sistema operacional
Nada presta, apenas o vazio profundo
Porque é nele que me oculto.

O sistema é porco, polui as mentes, corroe o corpo
Sangrando está minha mente
Sangrando está minha alma
Em um profundo, calmo e estranho bem estar.

Enterrando corpos para libertar espíritos
Sai deste mundo quando se desliga de tudo
Sai deste mundo quando não quer viver o real
Sai deste mundo quando encontrar a salvação.

Já me lembro do amanhã
Sei o que vai acontecer, sei o que vai se passar
Fiz o que farei
Farei o que fiz.

O que sobrar do porco sistema é resto
Resto de todos nós
Resto de todos os restos
O resto que iremos viver toda a vida.

Junto a esperança apodrecida.
Rafael Jank
Enviado por Rafael Jank em 21/01/2006
Código do texto: T101740

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Jank
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
328 textos (10273 leituras)
3 áudios (83 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 10:09)
Rafael Jank