Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vital Ilusão Terra

A lua que cai a terra sem ao menos avisar
O sol que torra nossas mentes
E todo aquele impuro ar que temos que respirar

Assim é a caminhada para os que
Nasceram a um dia depois do amanhã
Onde as nevoas já são constantes
E a luz já não mais brilha como antes

Uma folha caida, uma floresta derrubada
Um oceano que cada vez mais cresce
Um céu no qual já não posso olhar.

Assim é nossa caminhada
Neste louco mundo que no futuro
Já não estará como o que um dia pude
Chamar de meu lindo lar

Olhando para o grande museu da vida
Vejo as grandes baleas que nem cheguei a conhecer
Mas que os antigos aos muitos admiravam ao ver.

Tudo muito belo e primitivo
Ao ter se passado apenas duzentos anos
As páginas de uma enciclopédia já avisavam
Os proximos serão nós.

Uma pequena lágrima de alegria pode formar um grande rio de água doce, enquanto uma pequena lágrima de

tristesa pode formar um grande e salgado oceano.
Rafael Jank
Enviado por Rafael Jank em 21/01/2006
Código do texto: T101748

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Jank
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
328 textos (10273 leituras)
3 áudios (83 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:18)
Rafael Jank