Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ode ao não-ser

minha paixão não permite
que meu horizonte seja um dia
posto em cabides
minha paixão não admite
que o inverso de mim
seja somente o que não tive
minha paixão não se permite
ser um amor em tese
impunemente indeciso
minha paixão não se omite
em ser da revolução
até que deixe de ser triste.
Aurélio Aquino
Enviado por Aurélio Aquino em 21/01/2006
Código do texto: T102016
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aurélio Aquino
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 64 anos
375 textos (11677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:41)
Aurélio Aquino

Site do Escritor