Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ode aos meus possíveis

meus complexos
não os meço
melhor cabê-los todos
no meu verso

e sempre os trago
à algibeira
guardados inúteis
às quartas-feiras

e mesmo que a noite
os entenda
deixo-os pela madrugada
pendurados numa alma
que me convenha
Aurélio Aquino
Enviado por Aurélio Aquino em 21/01/2006
Código do texto: T102031
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aurélio Aquino
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 64 anos
375 textos (11645 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:41)
Aurélio Aquino

Site do Escritor