Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Determinação

Fica assim assente
ninguém há de consumir
a solidão da gente

pois de querê-la tal
como exercício
melhor seria tê-la em asas
como pássara notícia

fica assim assente
ninguém há de fingir
o choro da gente

pois de tê-lo avaro
no desvão dos olhos
melhor compreendê-lo
como ineficácia do ócio

fica assim assente
a gente é sempre tudo
quando nada é melhor
que ser presente,
Aurélio Aquino
Enviado por Aurélio Aquino em 21/01/2006
Código do texto: T102032
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aurélio Aquino
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 64 anos
375 textos (11645 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:59)
Aurélio Aquino

Site do Escritor