Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema de circunstância

no meio dos passos
de acelerados vãos
a metralhadora mede a vida
e nem se dá conta
do soldado que lhe tem à mão.
Ao redor da praça
não as prontidões
mas uma lassidão impune
que infringe raras vezes a razão
e o calor
amorna o coração
com a facilidade inequívoca
com que tange os pulmões.
Homens, sem saber que sê-los,
os transeuntes arquivam a vida
nos desvãos mais íntimos dos cabelos.
Aurélio Aquino
Enviado por Aurélio Aquino em 21/01/2006
Código do texto: T102065
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aurélio Aquino
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 64 anos
375 textos (11677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:04)
Aurélio Aquino

Site do Escritor