Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PILANTRA


Pilantra de carteirinha,
É esta mulher que eu conheço,
Obesa sem vergonha,
Perto do meu endereço.

Deve á todo mundo,
Compra fiado e não paga,
Loira burra e desbocada,
Mais parece uma praga.

O que tem dentro de casa,
É fruto de muitos calotes,
A sua porta vive cheia,
De cobradores com chicotes.

Neste passo, não demora,
A loira vai encontrar,
Alguém de pavio curto,
E caro, as contas pagar.


Carlos Mambucaba
Enviado por Carlos Mambucaba em 22/01/2006
Código do texto: T102152
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Carlos de Almeida). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Mambucaba
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
484 textos (39318 leituras)
60 áudios (6885 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:20)
Carlos Mambucaba