Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desperdícios


Quanto tempo se perde
alegando falta de tempo,
reclamando da correria
pensando na folga do dia

Quanto poema se perde
esperando a rima perfeita
a grande sacada
ou a caneta

Quanta teoria se perde
em bancos de praça
corredores de aula
ou bares de esquina

Quantas mãos
não acompanham pensamentos
quantas mentes
não acompanham formação

Quantos amores se perdem
em tampos abertos
pastas amassadas
e telefonemas

Quantos amigos se perdem
em mudanças de rumo,
indiferenças
e cara feia

Quanta vida se perde
desejando outras
Vivendo de ontem,
ou de amanhã?
desafinada
Enviado por desafinada em 23/01/2006
Código do texto: T102569
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
desafinada
São José - Santa Catarina - Brasil, 35 anos
62 textos (3125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:13)
desafinada