Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DA LOUCURA

Era noite,
O sol brilhva forte!
Um gato latia
Apontando para o Norte!

Meu cachorro cacarejava,
Empoleirado sobre a casa.
Na frente, no portão,
Uma vaca converssava.

Um jovem velho,
Num banco de pau feito de pedra
E um cigarro o fumava.

O rato miava,
A cobra gronia
E o pato (...), não sei! Acordei!
Euzebio Alves
Enviado por Euzebio Alves em 26/01/2006
Código do texto: T104016
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Euzebio Alves
Goianira - Goiás - Brasil, 31 anos
35 textos (2841 leituras)
1 áudios (296 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:00)
Euzebio Alves