Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÓ PROMESSA

Nadir A D'Onofrio


Texto inspirado na poesia GRITO do
 Poeta Tarcisio Costa

Como ninguém se propõe,
Fazer as regras do planalto mudar,
E como foi legalmente eleito,
Teremos que engolir esse sapo,
Tomara não venha outro igual...
Nosso Brasil tem tudo, prá ser uma grande nação!
Só falta dos governantes vontade política,
Caráter, Hombridade e Seriedade...
Pensar, trabalhar é coisa prá peão,
Colarinho branco faz isso não...
Melhor ficar no refrigério do seu ar condicionado,
E no assento da sua confortável poltrona colado.
Se na sua mesa não falta... mais pão...
Vai ele se importar com seu povo irmão?
Foi bem melhor a época do Lampião
Pelo ao menos... tinha cabra macho... sim senhor...
Virgulino  vaqueiro arretado,
Vivendo as agruras da seca na caatinga,
Fazendo justiça com suas mãos.
Como recompensa, carregava ao seu lado um amor.
Eita...mulher de fibra e guerreira!
Seu nome Maria Déa ou
Maria Bonita a musa do Virgulino,
Vulgo Lampião...
Assim eram chamados os fora da lei no sertão.
Para ela, ele compôs essa canção...
Olê, mulher rendeira,
Olê mulher rendá,
Tu me ensina a fazer renda
Que eu te ensino a namorar."

17/03/2005
Santos SP

Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 09/04/2005
Reeditado em 28/04/2011
Código do texto: T10442

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Santos - São Paulo - Brasil
941 textos (96685 leituras)
145 áudios (12768 audições)
18 e-livros (4283 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:28)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor