Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHAMAS


Línguas de fogo serpenteantes e gigantescas
Sobem lambendo copas de árvores impotentes
Rastejantes se insinuam, titânicas e dantescas
Consumindo vorazmente, em todas as frentes

O descuido criminoso do homem pelo ambiente
Cruel ganância de ganhos, imediatos e lucrativos
O desprezo pelas gerações futuras, são somente
Alguns dos evidentes e mais falados dos motivos

Mas não esqueçam esses covardes incendiários
Que ainda, mesmo neste mundo, são necessários
Tempo, oportunidade e do castigo não escaparão

Pois que se a justiça dos homens é ineficaz e lenta
Da de Deus, não se livrarão, e na sua alma a tormenta
Diáriamente, lhe fará desejar a morte, como expiação.

Arlete Piedade

25/01/2006
Fada das Letras
Enviado por Fada das Letras em 01/02/2006
Código do texto: T106848

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fada das Letras
Almeirim - Santarém - Portugal, 60 anos
243 textos (32126 leituras)
3 áudios (178 audições)
5 e-livros (288 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:31)
Fada das Letras