Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

sem ter porque

Lá atras dos matos
Sem porque
Mesmo sem um padecer
Um senhor não muito sobrio
Se manteve indignado:

"Porque não matar o cara
Que roubou minha alegria
Destruiu a minha vida
Mesmo sem me fazer mal"

Ele puxou sua espingarda
e saiu em disparada
fazer o que tinha planejado

Mas depois de um certo tempo
não manteve o juramento
e voltou pra repensar

"Então será que vale a pena?
A minha vida é tão pequena
que não te posso fazer mal

não é tua culpa meu estado
pois estou apaixonado
pela mulher que está ao teu lado
que roubou meu não-pensar"
Gabriel Carvalho
Enviado por Gabriel Carvalho em 10/04/2005
Reeditado em 10/04/2005
Código do texto: T10687
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gabriel Carvalho
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
17 textos (1443 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:43)