Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fábrica de Indigentes

O Brasil carece de homens que trabalhem,
O Brasil carece de homens que espalhem
O gene bendito da honestidade
Ausente nos representantes da nossa sociedade.

Homem público, a cada dia me envergonho
De pô-lo como representante
À frente de meu sonho,
Um sonho que não obstante

Torna-se menos e menos importante,
Porque tu, oh! político desonesto!
Fazes-me desacreditar de todo o resto.

Não acredito mais em discursos eloqüentes,
Tampouco a ti me empresto,
Visto que tu,fabricas e vives à custa de indigentes.


GILBERT
Enviado por GILBERT em 03/02/2006
Reeditado em 09/02/2006
Código do texto: T107744
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GILBERT
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 52 anos
38 textos (2468 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:25)
GILBERT