Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Razão Íntima

Como posso fazer algo,
Ao mesmo tempo tão,
- diga-se - estranho,
(para mim),
Mas mesmo que certo,
Extremamente,
E estranhamente?

Como eu,
Humilde servo das letras
E de sua organização,
Posso sequer imaginar
A seqüência
Pela qual formo tais palavras,
Certas estranhamente,
E também estranhas?

E como que de tal forma
Também as consagro
De minha expressão mais absoluta,
E profunda
Etérea ou terrena,
De modo tal que minha boca
Simplesmente ignora?

Simplesmente porque sou assim.
Felizmente (ou talvez não)
Porque sou assim.
Pedro Batalha
Enviado por Pedro Batalha em 04/02/2006
Código do texto: T107825
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Batalha
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 29 anos
10 textos (638 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:16)
Pedro Batalha