Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enxergar

O que escrever,
Não tenho olhos para ver.

O que desenhar
Não tenho nada para enxergar.

Onde andar,
Não tenho lugar para pisar.

Não posso amar,
Ninguém para me apaixonar.

Não posso cantar,
Ninguém irá aplaudir ou vaiar.

Talvez possa enxergar algo,
Vem de longe.

Olhar para alto,
Dizer:-Leve-me contigo.

Ninguém responder.
Sofro mais.

Poderei chorar.
Tenha certeza,
Irei desaparecer.

Acabo de enxergar,
O Branco sem fim...

Leia o poema "Amo"
FARINHA
Enviado por FARINHA em 05/02/2006
Reeditado em 21/05/2006
Código do texto: T108205

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (andré Farinha email andrefarinha-bp@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FARINHA
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 27 anos
72 textos (3677 leituras)
1 e-livros (11 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:09)
FARINHA