Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada mais assustador

Nada mais assustador do que ver,
Nos olhos humanos,
A perda da identidade;
A miséria tomando conta
Do corpo e da alma,
Como uma afronta à felicidade.
 
Nada mais assustador do que ver,
Nos olhos humanos,
A fome,
Que consome corpo, alma,
Mente,
E faz do ser vivente,
Apenas e tão somente,
Um espectro assustador.
 
Nada mais assustador do que ver,
Nos olhos humanos,
O olhar vago, indiferente,
Distante,
Que faz da gente menos gente
Diante de tanta dor.
SueliFajardo
Enviado por SueliFajardo em 05/02/2006
Código do texto: T108462

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SueliFajardo
Jandaia do Sul - Paraná - Brasil
942 textos (29987 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:56)
SueliFajardo