Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ASSIM ME VEJO.

Eu me vejo
No reflexo do monitor.
Uns cachos encaracolados
Sobre a cabeça
Dizendo-se cabelos.

Um grego que não é Deus!

Sou eu mesmo.

Um moreninho de nada
Escrevendo de graça
Na graça encantada da poesia.

Recostado no meu canto
Cantando ao recanto
A ventania de versos que corre aqui.

Que o vento os leve
Tão leves
Pra vocês
Trazendo de volta
Na volta que o vento dá
Seus versos também.
jose antonio CALLEGARI
Enviado por jose antonio CALLEGARI em 07/02/2006
Código do texto: T109152
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose antonio CALLEGARI
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
475 textos (25277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:48)