Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LAMENTOS JOGADOS AO VENTO


 

 BELO
PURO
DIVINO
AMOR
PURO AMOR
PAZ
SERENA PAZ
DENTRO DE UM CONTURBADO MUNDO DE DESAMOR
ONDE OS LIMITES PERDEM SUA ESSENCIA VERDADEIRA
E OS HOMENS SE ENTREGAM A FÚRIA DESENCADEADA
DO CAOS DE SI EM BUSCA DO VAZIO E NADA
EXISTIR.
LAMENTOS.... SIMPLES LAMENTOS JOGADOS AO VENTO
SEM NADA DIZER
APENAS LAMENTOS
SEM NADA LEVAR
OCO E SEM VIDA
MAS SENDO  ESSÊNCIA
E ENTENDA QUEM PUDER
POIS ASSIM É O MEU MODO DE DIZER
AO SOM DESSA MUSICA PENETRANTE
UIVANTE
DILACERANTE
COMO CERTAS DELONGAS DESSA VIDA
QUE NADA CONSTRÓI...
AMOR
PAZ
SERENA PAZ DE UM CORAÇÃO VIVO
ASSIM SOU EU
PENA QUE NINGUÉM ENTENDE
MAS NADA DISSO TEM PESO
SIMPLESMENTE EXISTO
E SOU
UM PEREGRINO DA VIDA
SEMPRE EM BUSCA DA PAZ
 
 NAMASTE
ZELISA CAMARGO
 

20.06
ZEL
Enviado por ZEL em 02/01/2005
Código do texto: T1092
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33908 leituras)
8 e-livros (802 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 22:31)
ZEL