Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Noites de Lua"

Ainda bem que a noite chega.
Ainda bem que temos lua.
Sei que me espreita antes mesmo do entardecer.
Sabe que vivo assim,
Alucinada na ânsia do anoitecer.
 
Ainda bem que tenho a noite,
Sem ela não sobreviveria.
Sinto-me uma Wiccana
Desejosa de harmonia.
 
Nestas noites de lindas luas,
Meu corpo se reveste de forças,
meu espírito revigora e energiza.
 
Nestas noites de lua cheia,
Vejo vultos celebrando
O amor à natureza,
Na imensidão do espaço.
 
Ainda bem que existem noites!
Noites com suas Luas,
Que clareiam todas as ruas.
 
Noites com luas.
Luas que refletem.
Luas que espelham .
Luas que não deixam
Que este universo se apague.
 
Aqui debaixo da noite,
Olho a Lua e contemplo
Um lindo Sol escondido.
 
Amigos e satisfeitos
Lua e Sol, Sol e Lua,
Perpetuam suas polaridades,
Em beleza nua e crua!
 
Esperando que a noite chegue,
Com sua grandiosa Lua,
Que guarda dentro de si,
Poderes de grande estrela.
 
Luminosa e radiante,
Inspira de aves a amantes.
Convida meu pensamento
A um vôo extasiante.
 
Lua linda, Lua imensa!
Filha da noite que chega,
Traga a luz do fogo,
Refletida em sua face.
 
Noites claras, noites de Lua,
Resplandeçam com seu brilho.
Espalhem luz pelos mares,
Iluminem todas montanhas,
 
Lua na Noite, Noites de Lua,
Ouçam que pássaros cantam por ti!
Escutem os uivos dos lobos,
São todos também para ti!
 
Eliana Braga
Gaivot@
17/10/05
03:27

 
 
Gaivota
Enviado por Gaivota em 09/02/2006
Reeditado em 08/03/2006
Código do texto: T109665
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gaivota
Campinas - São Paulo - Brasil
115 textos (4906 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:11)
Gaivota