Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A sociedade dita as regras

Há muito tempo como ainda acontece agora
A humanidade se engana e não se dá conta
Você me pede para ter paciência
E que também eu tenha mais consciência
Esta noite eu dormi um pouco de mais
Talvez por isso tenha perdido a noção da paz
Eu não quero nada de volta o que foi já foi não volta mais
Empregue o meu dom para que eu seja capaz

Todo sujo ao relento sem ter o que comer
Eu preciso lutar para o frio abater
Pressionado contra a parede por dinheiro não ter
A beira de um precipício a ponto de morrer

Maissssssssssssssssss!!!!

Já posso acordar desse pesadelo
As vezes é melhor viver do que sonhar
As vezes é melhor sonhar do que viver
Já posso acordar desse pesadelo
Eu só quero acordar desse pesadelo
E jogar a vida como deve ser ..............
CABELO
Enviado por CABELO em 09/02/2006
Código do texto: T109818
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CABELO
São Paulo - São Paulo - Brasil, 37 anos
6 textos (1340 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:05)
CABELO