Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Relatos de um drogado



Eu me drogava sim,

em qualquer ocasião,

sempre estava afim,

de ficar bem doidão:

- fumava;
- cheirava;
- injetava.

O meu salvador, o traficante,

adorado senhor,um gigante,

adotou este adolescente,

que um dia foi gente,

hoje, deteriorado comprova

em seus depoimentos,

falou por poucos momentos:

- drogas,aos poucos me afundei,
caminhos confusos trilhei,
alucinado e empobrecido,
pela primeira vez,roubei.

Eu estava enlouquecido,

não aceitava ajuda qualquer,

de amigos,filhos e da mulher.

Saí por este mundão afora,

e constato somente agora:

nada restou enfim,

fatalidade, triste fim.

Não tenham pena de mim!



 
Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 11/02/2006
Reeditado em 20/02/2014
Código do texto: T110521
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
7710 textos (1652144 leituras)
2 áudios (1128 audições)
88 e-livros (6117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:37)
Maurélio Machado