Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tergi_verso.

Das categorias aristotélicas
às kantianas verdades
apriorísticas ou a posteriori.
 
Das dialéticas socráticas
à convergência na complexidade
do Teillard de Chardin.
 
Da engeliana dialética
à hegeliana espiritualidade
pré-materialista.
 
Tudo isso não abole
por mais que bula, receita,
dogma, potência e ato,
o hiato do ser como é,
diferente da abstração
que o conceitua!...
 
Mudo os paradígmas,
muda o mundo,
e o mundo muda mudo...
 
Penso que sou dono da verdade
e nesse momento juro existir um touro
entre a cerca e o muro.
 
E tudo faço como se ele existisse
e até subiria em coqueiros
que vejo no meu estrabismo
de bêbado que sou,
como você,
a vida inteira.

E tudo é como é,
do amigo Zé, o touro
que não existiu.
 
Mas somos o touro e eu
indissociáveis
quando penso: ele existe.
 
Essências que não conheço...
Relações que percebo
ora verdadeiras
e falsas ambiguamente...
 
Eu sou somente
aquilo que sou ou penso ser
quando tudo que não pensa, é!
como não pensa que é...
tão simplesmente.
 
Mas também não precisaria
beber a vida inteira
para descobrir
que a vida é bebedeira.
Marco Bastos
Enviado por Marco Bastos em 13/02/2006
Reeditado em 03/12/2012
Código do texto: T111527
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para "http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=1583 "). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Bastos
Salvador - Bahia - Brasil, 72 anos
1717 textos (87444 leituras)
2 áudios (495 audições)
1 e-livros (791 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:58)
Marco Bastos