Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PORQUE SOMOS ASSIM?


 
Não bem me conheces,
e no entanto padeces.
Não tenho certeza do amor,
e já te chamo de flor.
Nada sabes de mim,
e já estás a fim.
Não sei nem aonde moras
e já esta paixão aflora.
Nem perguntastes meu nome,
só sabes meu codinome.
Já te convidei para festas
e tu participas,não contestas.
Quero saber mais de ti,
e tu certamente de mim,
não sei porque somos assim.
Afinal,eu não presto,tu não prestas,
tu sabes e eu sei,ai de nós,ai de mim...
Nossa paixão são de alucinadas festas,
é só o que queres de mim?
Assim espero,
porque somos assim.
Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 14/02/2006
Código do texto: T111792
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
7710 textos (1652144 leituras)
2 áudios (1128 audições)
88 e-livros (6117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:32)
Maurélio Machado