Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Impressionismo dos Mapas

Dúvida, ou Dádiva?

Distorções,
Sintetizadas.
Sensações,
Planejadas...

É sina
Ou opção
De rima?



PALAVRAS

Palavras, palavras!
Enuncio
avenidas largas,
ou simples becos,
onde me aconchego,
ou me perco
encolhida, ou descolada,
num canto, estro,
e me queimo na chama da vela distante,
tecendo-me lembranças cansativas.

Estão lá, também, na chama da vela,
palavras que se revelam e se evaporam.

Sopro a chama,
e uma ventania afasta a caravela.
Mas o chamado, este não se apaga, nem paga
meu desespero, meu chão e desterro,
minha lança, meu não,
meu exército de versos que nunca fez furacão...

Sempre sina em larva,
na lavra da arte,
virando praga na praça da minha vida,
em Graça e desgraça.

Sei, é somente uma raça de palavras,
sobreviventes, e mais nada.

By Tânia Barros (reescrito em 14/02/2006)
TB
Enviado por TB em 15/02/2006
Reeditado em 29/10/2008
Código do texto: T111973

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite nome da autora, país, Estado, e e-mail. Também deverá enviar para brazil_dos_livros@hotmail.com - dia e endereço de publicação do texto para consulta da mesma e verificação do conteúdo.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
TB
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
54 textos (45374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:06)
TB