Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A AMIGA DA AMIGA!

Amiga, da amiga
É sempre bem vinda,
Logo que me ame, risos.
E marque comigo um encontro,
De prazeres!
Mas, com muitos prazeres mesmo
A final, em matéria de sexo
Costumo ser exigente, guloso,
Sei fazer bem, sei fazer gostoso... Mais risos
Gosto mesmo de sentir o cheiro da fêmea
Morder o pescoço...
Murmurar em ouvidos, palavras ousadas
Carinhos atrevidos!
Gosto de fazer do corpo uma viagem,
E tem que ser inesquecível!
Ultrapassar curvas
Subir montanhas, cair em abismos,
Tudo em velocidade amena
Para  aproveitar bem de tudo,
Envolver-me com a paisagem deslumbrante da amante
Deixando em seu corpo um aviso,
Hoje, agora e sempre...
Amar é preciso!

paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 16/02/2006
Reeditado em 10/07/2010
Código do texto: T112684

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2589 textos (470794 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:06)
paulo cesar coelho

Site do Escritor