Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu falso sorrir!

              O que digo, quando me encontro no meio...
      De disturbios e confusões, e você não me entende..
Quando a falsa fadiga é uma valvula de ecape,
      E, de repente, meu entender... se torna meu maior mal,

              O que digo, quando ver você, indo embora...
      Me tira de vez a vida... E me joga de vez ao chão...
Quando a saudade me convence de que sou infeliz...
      E num instante me vejo com os olhos estalados...

Chorando...
           Gritando...
                      Amando...
                               Pensando...
                                          Pedindo...
                                                    Partindo

               O que fazer... se meu falso sorrir permanece.
       Se as flores se escondem quando passo...
Se as visitas são só um mito para mim...
       Se um dia você me deixou de vez...

E por mais uma vez...
                     O que fazer...
                                   Com esse desejo de gritar

Com esse anceio de te amar...
Com essa vontade de esquecer...
De não permancer...
E viver...
          Somente!!!
Daiane Rodrigues
Enviado por Daiane Rodrigues em 18/02/2006
Reeditado em 18/02/2006
Código do texto: T113504

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Créditos (criação): Daiane Rodrigues. - Não é permitido usar esta obra para qualquer fim sem a permição da autora.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daiane Rodrigues
Américo Brasiliense - São Paulo - Brasil, 27 anos
392 textos (25457 leituras)
1 áudios (108 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 01:54)
Daiane Rodrigues