Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANTO DO POVO DA TERRA

CANTO DO POVO DA TERRA
Jorge Linhaça

Vivemos sempre da mãe terra
Rios, plantas , peixes, animais
Entre nós não existia a miséria
Vivíamos como nossos ancestrais

Plantávamos milho e mandioca
Pescávamos os peixes nos rios
para alimentar a todos na maloca
Plumas de pássaros nossos atavios

Mas o homem branco aqui chegou
Trouxe com ele as suas doenças
Os nossos povos ele escravizou
Nos impôs as suas próprias crenças

Nos confinou em suas reservas
e destruiu as nossas aldeias
Queimou as nossas florestas
Na cobiça que su'alma incendeia

Nossas tradições foram combatidas
Os rios foram sendo poluidos
Perdemos o nosso modo de vida
Ficamos isolados e esquecidos

Hoje nos ofereçem migalhas
tentando reparar o mal feito
mas a sua ajuda é mortalha
querem que vivamos do seu jeito

Hoje a mãe terra se revolta
São secas,terremotos, furacões
Conta a destruição à nossa volta
causada pelo branco e sua ambição

Falam de desenvolvimento sustentável
mas só querem nossa sabedoria
para usar de modo irresponsável
e roubar a riqueza da terra em agonia

Pobre homem branco tão iludido
Que acredita ser o mundo inesgotável
acumulando riquezas sem sentido
E se tornando sempre mais miserável



 
Jorge Linhaça
Enviado por Jorge Linhaça em 19/02/2006
Reeditado em 29/04/2012
Código do texto: T113639
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Linhaça
Salvador - Bahia - Brasil, 55 anos
3723 textos (711029 leituras)
95 áudios (13093 audições)
1 e-livros (277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:52)
Jorge Linhaça