Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DANTES

Nada era como dantes
na colina dos profetas,
com promessas fulgurantes
que se faziam nas festas.
Tudo era alegoria
e o povo todo aplaudia
se deixava inebriar.
Eram todos diamantes
lapidados e polidos,
bem vestidos e falantes
dava gosto aos ouvidos,
contavam suas memórias
vendedores de histórias
de bandidos vencidos.

O sertão vai virar mar
quando a lua descer
e o sol se apagar
o povo vai ver
uma luz brilhante
um planeta azul
descerá no horizonte
rumo ao pólo sul.

E então restará
só eu e você
que acreditar
no que tenho a dizer.

E então restará
só eu e você
que acreditar
no que tenho a vender.

Bia Naue
Enviado por Bia Naue em 20/02/2006
Reeditado em 28/09/2006
Código do texto: T114093

Áudio
Dantes - Bia Naue
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Bia Naue
Goiânia - Goiás - Brasil, 49 anos
20 textos (896 leituras)
6 áudios (783 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:51)
Bia Naue