Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Assista agora a morte de meus versos!

E na escuridão do universo,
Volto a ser um segredo;
Onde a morbidez dos seres me inspira!

Sinto na alma a dor de um grande sentimento,
E como uma vela fúnebre choro!

E em alguns minutos,
Quando o relógio do meu pulso parar,
Hei de abraçar minha eternidade...
Hei de apenas nos versos assinados ficar!!

Outro que já fizera,
Joguei-os todos no abismo de minha tristeza!!

Adeus!
Fica-te aí...
Pois o mundo ainda gira em torno de ti!

Um mundo bobo que um dia cantei,
No abismo do meu coração sempre estará...
Junto com o agregado abstrato da saudade,
Onde bate nas perpetuas grades desse ultimo verso,
Que do meu coração dará a luz.
Com ajuda de minhas mãos frias e cansadas.

As mesmas mãos que um dia fez o impossível
Pra lhe demonstrar o quanto lhe amava!

E que agora enterro vivo dentro dos
Meus sonhos eternos....


********************************************************
Todos os textos que aqui estão são de minha autoria, devidamente registrados em meu nome.

MONE CARMO
********************************************************

Mone TCarmo
Enviado por Mone TCarmo em 23/02/2006
Código do texto: T115315
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos autorais à Simone Teixeira do Carmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mone TCarmo
Belém - Pará - Brasil, 37 anos
2862 textos (287310 leituras)
56 áudios (8739 audições)
4 e-livros (918 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:11)
Mone TCarmo