Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FILHO, MEU FILHO

Filho, meu filho,
Tanta coisa tenho pra te falar
Mas um nó me aperta a garganta
E eu não consigo me expressar

As lágrimas brotam em meus olhos
E com o coração na mão
Afago o teu rosto
Disfarçando a emoção.

Quando, então da emoção refeito
Eu o aperto no meu peito
E do recôndito do meu coração
Digo, filho amado:
tu és o meu tesouro,
O meu orgulho,
O meu achado,
Um amor que não tem fim.

De tão sublime que tu és
Nem  fui eu quem fez você
Mas, foi Deus quem o fez pra mim.

As lágrimas que orvalham o meu rosto
Escorrem para o meu coração
E, lá reconstituem a bolsa
Da onde você veio, onde você mora ,meu filhão.

GILBERT
Enviado por GILBERT em 24/02/2006
Código do texto: T115550
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GILBERT
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 52 anos
38 textos (2469 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:39)
GILBERT