Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Posso Ficar?

A bengala nas mãos fez-me refletir,
vendo tudo o que construí até o exato momento.
Ainda gosto daqui, este céu parece feito para mim...
as nuvens lembraram os fios grisalhos,
que se esgotaram ao me proteger do Astro-Rei.
Meu "reinado" já se finda,
a sorte de herdar o desfruto de uma vida mansa anseia minha despedida.
E meio sem jeito,
não meço esforços para rogar ao Pai,
por um acréscimo no meu tempo de vida.
Reconheço ter má fé,
dou a cara a tapa por um perdão,
a impaciência me cega,
a ponto de fazer-me tropeçar na blasfêmia.
Desejo ter um funeral repleto de sorrisos,
no qual fiquem apenas as boas lembranças,
de uma extensa estrada de vida,
freqüentada pelas melhores pessoas que pude conhecer.
No entanto, prossigo aguardando a última curva,
que me levará ao céu...
Edwin Ataíde
Enviado por Edwin Ataíde em 25/02/2006
Código do texto: T115924
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edwin Ataíde
Santos - São Paulo - Brasil
29 textos (914 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:19)
Edwin Ataíde