Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HÁ QUEM GOSTE...

AGRURAS, EU FORA!

Nadir Silveira Dias


Atônito, aflito, reflito
o conflito vivido por ti.

Teus anseios são
meios, ígneos, veios
cheios de brumas.

Não sentes a brisa
leve que roça,
perpassa, repassa,
tua vida, teu ser.

Teus pendores, perdoa,
são seios de ardores
que o mar não aplaca,
que o céu não acalma,
que a mão não alcança,
não consegue tocar.

E que o amor mais sublime
sequer subsume, temente,
que o querer mais luzente,
mais soberano, não reconstrói!

Só mói, e mói, só dói, e dói!

Agruras assim, eu fora!


Escritor e Poeta - nadirsdias@yahoo.com.br

Nadir Silveira Dias
Enviado por Nadir Silveira Dias em 25/02/2006
Reeditado em 04/03/2006
Código do texto: T116045
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nadir Silveira Dias
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
1036 textos (153826 leituras)
4 e-livros (380 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:14)
Nadir Silveira Dias