Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Terra Brasilis

Terra Brasilis

Quem diria que um dia
iriam me descobrir
e cobrir minha nudez
e me ensinar o português.

Eu que vivia pelado, despreocupado
ao som do mar e à luz do céu profundo,
fui obrigado, mesmo forçado
a me abrir para um novo mundo.

E num breve tempo,
um contratempo me incomodou
me dividiram em pedaços, com simples traços
começando assim a exploração.

Me tomaram de assalto, num sobressalto
de alto a baixo me arrasaram.
Este ato, tão insensato
bem maltratado me deixou.
E, apesar de ser um mau tratado
tão cedo não acabou.

De outros costados, acorrentados
trouxeram o sangue que me deu ritmo.
Nas minhas costas largas, varonis,
me fiz índio, negro, mestiço, tantos brasis.

Um dia, que ironia,
resolveram me coroar
e o meu reinado, breve e envergonhado
teve que se acabar,
assim, às margens de um regato cristalino
num grito súbito, repentino
Eu, tão menino, de repente
me vi Nação.

Ourofino/MG, SET 1989
Mauro Gouvêa
Enviado por Mauro Gouvêa em 27/02/2006
Código do texto: T116732

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mauro Gouvêa - www.recantodasletras.uol.com.br/autores/maurogouvea). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mauro Gouvêa
Alfenas - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
432 textos (56474 leituras)
3 áudios (837 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:50)
Mauro Gouvêa