Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SALVADOR

Cidade de magia de todos os sonhos e encantos,
O canto de São Bartolomeu é também dos Orixás,
Recanto e encanto de ebós e de todos os Santos,
Paraíso de Mãe de Santo e também dos Orixás.

Em todo motivo se faz festa com alegria,
Regadas com bebidas e cantos de preceitos.
Cidade de todas as crenças e encantos,
De pecados e tradições em boa harmonia...

Cidade de beleza histórica e bonita por natureza,
De ladeiras e construções barrocas multicoloridas,
Nasceu e cresceu beirando os morros da natureza,
Em um lindo dia de pôr-do-sol de nuvens coloridas...

Num sonho de inspiração poética me disse o poeta:
A minha castro Alves é praça. E é do povo!...
É a àgora da liberdade e sonho eterno do poeta.

Das águas do Dique de Tororó,
vem a creça nos Orixás...
Do som dos tambores do Pelourinho,
vêem as tradições...
Da voz do vento dos coqueiros de Itapoã,
vêem as canções...
Da colina sagrada da igreja do Senhor do Bonfim,
vem a fé, as promessas e as orações...
Das obras sociais - Irmã Dulce,
vem a caridade, fruto das doações...


( Este poema encontra-se publicado na II Antologia nacional de poesia novos poetas, novos talentos. Página 37. Rio de Janeiro: Mar de Idéias, 2008.)

EVERALDO CERQUEIRA
Enviado por EVERALDO CERQUEIRA em 02/03/2006
Reeditado em 17/07/2008
Código do texto: T117735
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EVERALDO CERQUEIRA
Salvador - Bahia - Brasil
91 textos (79072 leituras)
1 e-livros (185 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:59)
EVERALDO CERQUEIRA