Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O pedaço de corda

Um rico mercador comprou um maravilhoso candelabro para sua casa. Era uma obra-prima, feita de puro cristal e incrustada com pedras preciosas. Custou uma verdadeira fortuna.

A fim de pendurar o maravilhosos lustre, o mercador mandou fazer um furo no forro de sua casa. Através do buraco, deixou o final do cordão pender na sala, e atou-o ao candelabro. O outro pedaço ele amarrou a um prego no sótão. Então puxou o cordão até que o candelabro ficasse pendurado do teto de sua sala de estar. O restante da corda, enrolou em volta do prego no sótão.

Todos que vinham à casa admiravam o maravilhoso lustre, e o mercador e a família sentiam-se muito orgulhosos.

Certo dia apareceu um garoto pobre, pedindo roupas velhas. Disseram-lhe para subir ao sótão onde roupas velhas estavam guardadas, e servir-se de algumas. Assim fez o mendigo. Recolheu uma boa quantidade de roupas, colocou-as na sua sacola, então passou a procurar um pedaço de corda para amarrá-la. Viu um pedaço de cordão enrolado em um prego e decidiu pegar um pouco. Tirou do bolso uma faca e cortou para si um pedaço.

Crash! Ouviu-se um grande estrondo e, no momento seguinte, toda a família correu para o sótão gritando: "Seu idiota! Olhe só o que fez! Cortou a corda e nos arruinou!"

O pobre garoto não podia entender o porquê de tanto rebuliço. Disse então: "Que quer dizer, 'arruinei' vocês? Tudo que fiz foi cortar um pedacinho de corda. Certamente isso não é suficiente para arruinar vocês!"

"Seu tolinho!" - replicou o mercador. "É verdade, tudo o que fez foi cortar um pedaço da corda. Mas acontece que meu precioso candelabro estava dependurado nela. Agora, você o quebrou de forma tal que não há concerto possível!"
   
   
dayti
Enviado por dayti em 03/03/2006
Código do texto: T118272
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dayti
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil, 27 anos
19 textos (2529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:10)