Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

mea culpa : desculpa inteira

não sou mau não sou poeta
nem mau poeta eu sou sequer
posso nem ser a pessoa correta
nem ter o dom que esta arte requer

mas quando escrevo estranhos versos
estes anversos avessos & tortos
estou é psicografando entes diversos
as idéias de inexpressivos poetas mortos
Carlos Couto
Enviado por Carlos Couto em 18/04/2005
Código do texto: T11911
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Couto
Curitiba - Paraná - Brasil
14 textos (406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:18)
Carlos Couto