Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A TELEVISÃO

Pela manhã vem as notícias:
Bancos quebram,
Banqueiros desaparecem,
Corruptos são Vossa Excelências,
Homens públicos roubam,
E são presos com regalias...

Ao meio-dia vem as notícias:
Lavagem de dinheiro em paraíso fiscal,
Bandidos são tratados com reverências,
Há muito escândalo moral,
No dia a dia da cultura da anarquia,
Que é coisa bastante natural,
Onde está minha cidadania!!!
Na prática diária é irreal,
Sou obrigado a dizer com ironia,
Está com certeza na Cosntituição...

A noite vem as notícias:
Não há tempo para se aprovar o orçamernto da União,
Políticos se ocupam com os colegas da corrupção,
Diz o presidente desta grande nacão,
Com jeito e boas intencões,
Precisamos acabar com a corrupção...

Este é o pão nosso de cada dia.
Nesse imenso mar de anarquia,
Que tudo parece fantasia,
Da inexistência de cidadania,
Nesta hospitaleira Pátria,
É difícil a prática da democracia sadia,
Quanto mais praticarmos a cidadania...          
EVERALDO CERQUEIRA
Enviado por EVERALDO CERQUEIRA em 06/03/2006
Reeditado em 04/06/2008
Código do texto: T119484
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EVERALDO CERQUEIRA
Salvador - Bahia - Brasil
91 textos (79268 leituras)
1 e-livros (187 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 14:02)
EVERALDO CERQUEIRA