Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não se sabe mais

Separarei as possíveis poluições mentais...
Que contaminam a alma e destroem a disposição...
Além do resto eu pesso...
A espessa revisão da vida...
Pois o credo incrédulo retem o ver...
Possessos passeios podem parar...
Rumo ao fim das cédulas férteis...
Restos parados continuam a minha infantilidade...
Há fragilidade ao certo anseio...
Medos inconscientemente existentes...
Ao sobrenatural pede-se ajuda...
Ao sentir o cheiro das belas folhas de arruda...
Paz e pureza entram nas minhas narinas...
Fluindo no corpo como uma corrente...
Coração, corpo e mente...
Decentes pessoas pedem paz...
It´s easy. (The Beatles)



O que de Souza
Enviado por O que de Souza em 07/03/2006
Reeditado em 09/04/2006
Código do texto: T119982
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
O que de Souza
Curitiba - Paraná - Brasil, 29 anos
335 textos (8757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:44)
O que de Souza

Site do Escritor