Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAISAGEM NORDESTINA

Lá no sertão do meu Nordeste,
Onde o tal cabra da peste,
Fala, mas não conhece,
O idioma português.

É cruel o seu destino,
O caboclo nordestino,
Morre lutando e não tem vez.

O tocador de Viola,
Se entrasse numa escola,
Honraria sua terra,
E talvês fosse a Inglaterra,
Ensinar falar inglês.

Lá se ver o lavrador,
A Deus ter mais afeto,
E o poeta analfabeto,
Fazer versos de improviso.

A lua desfeita em riso
O elogio agradece,
E todo campo lhe oferece,
O aroma de flores finas.

O aboio do vaqueiro,
E o cantar do siriema,
Completa todo poema,
Da paisagem nordestina.

            - Lima -
limavitoria
Enviado por limavitoria em 08/03/2006
Reeditado em 01/08/2006
Código do texto: T120524
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
limavitoria
Vitória de Santo Antão - Pernambuco - Brasil, 66 anos
70 textos (12451 leituras)
10 áudios (244 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:14)
limavitoria