Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LEMBRANÇAS

É bonito e faz chorar,
O aboio de um vaqueiro,
Traz a morena pro terreiro,
Docemente a suspirar.

Eu já carriei, já fui cambiteiro,
Trago na face o pelo,
Da cana nacional.

Boi brabo lá não tinha valentia,
Tou velho, choro hoje em dia,
Por não puder trabalhar.

Não há dinheiro que pague,
Minha macaca, minha vara de ferrão.
Meu chapéu de couro, meu facão,
E o meu velho peitural.

A lua pratiou o meu cabelo,
Eu sonho em desespero,
Botando a canga no boi,
Alegria de carreiro sempre foi,
Ouvir o carro cantar.

Quando eu morrer,
Enterrem-me no morão de uma porteira,
Deixem que o gado urrará a tarde inteira,
Anunciando que eu morri.


                - Lima -

limavitoria
Enviado por limavitoria em 09/03/2006
Reeditado em 01/08/2006
Código do texto: T120852
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
limavitoria
Vitória de Santo Antão - Pernambuco - Brasil, 66 anos
70 textos (12449 leituras)
10 áudios (244 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:04)
limavitoria