Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INSPIRAÇÃO

De onde me vens tão cheia de nuances
e de malícias sempre constantes ?
Onde te escondes, quando te procuro
atordoada pelos devaneios
das minhas madrugadas ?
Por que, aflita de procuro tanto ?
em qualquer canto
em cada momento
e não me vens quando mais te quero ?
Ah! Tu és mulher, tu és menina
tão cheia dos pudores que me fascina
és arrogante, cristal, cristalina
a tentação da minha retina
um encantamento, doce de colher
que se degusta, aos poucos
quando mais se quer.
És causa da lágrima, da emoção
da saudade, da tentação
e a água que sacia
minha sonhada poesia ! 

Este texto participa da ciranda INSPIRAÇÃO A UM POEMA, de Luli Coutinho - As outras obras poderão ser lidas na escrivaninha daquela poetisa... confiram !

Lili Maia
Enviado por Lili Maia em 09/03/2006
Reeditado em 10/03/2006
Código do texto: T121100

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lili Maia
Curitiba - Paraná - Brasil
484 textos (66694 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:08)
Lili Maia