Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Auto retrato existencialista

Auto-retrato Existencialista

O que sei de minha vida?
Em que porões escuros
esconderam-se minhas verdades?
Minha vaidade é tanta, que sólida,
me oculto sob ela.
Quem sou? Poeta do absurdo,
pretensioso em meus versos,
jogo as palavras
como quem atira pedras ao lago
e a poesia dos círculos
é apenas acidental.
Tenho mulher e filho,
família, enfim.
E ainda assim me oculto.
Não me conheço,
não me conhecem os meus.
Ateu por convicção, cristão
por covardia ou por ínfima
conveniência.
Não sei a aparência que tenho
principalmente quando minto,
o que é uma constante.
Cérebro fecundo projeto fantasias,
sonhos imaturos, jogos senis.
Claro/escuro.
Simpática figura, inofensivo,
atencioso, amoroso,
leal companheiro...
Mas qual!
Sou ilusão.
Personagem criado por mim
para defender-me dos medos do mundo.
Meus medos!
Temores intensos que moldaram
este que sou:
- Homem incompleto.

Campinas 1992

Uma fase muito difícil de minha vida. Passado, apenas passado...
Mauro Gouvêa
Enviado por Mauro Gouvêa em 12/03/2006
Código do texto: T122118

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mauro Gouvêa - www.recantodasletras.uol.com.br/autores/maurogouvea). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mauro Gouvêa
Alfenas - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
432 textos (56521 leituras)
3 áudios (837 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:37)
Mauro Gouvêa