Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Últimos momentos

   
Eis o último sinal que dou à humanidade
um último ato de bravura
contra as dores que senti,
as noites que chorei,
os beijos que me foram recusados
contra os amores que perdi...
ah! Os amores que nunca tive,
desses sinto mais falta ainda!
E por toda essa falta que sinto
o frio agudo e metálico em meus pulsos trêmulos
...

Um momento de lucidez
...

As luzes se apagaram,
de tanto sofrer, a coragem cedeu
de tanto sentir as dores, elas não incomodam mais
as noites passaram a ser só dias sem luz
meus lábios não sentem mais falta
de tudo aquilo que um dia desejou...
...

Sinto minha essência partindo sutilmente
...

Aceno para a loucura...
como se ela fosse uma velha inimiga
a qual entrego minha cabeça
após desistir da luta.

Izabelinha
Enviado por Izabelinha em 15/03/2006
Reeditado em 15/03/2006
Código do texto: T123779
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Izabelinha
São Paulo - São Paulo - Brasil, 30 anos
3 textos (68 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:16)
Izabelinha