Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMANHECER

Como amanhece!
- o horizonte quando a ti vejo,
suspirando a aurora refrescante,
tórrido o frescor das tuas mãos a mapear
meu corpo inda inseguro entrega-se confiante.

Ambíngua a solidão,  estás  aflitiva,
por lembrar da euforia em meus ouvidos,
trauteia o medo, severa atitude  pervertida,
deixamdo-se levar apenas, a emoção já perdida.

E, mais tarde ao raiar o dia,
saboreei o calor da sua boca quente,
iridescente vicissitude almejar sempre
a presença constante do teu colo ardente.

Que mais?  - mas possa eu querer no presente,
se transborda a vida,  como se fosse a hora
esplendida facear o que  sempre quis outrora
porque não aproveitar, essa eloquente história.
Morgana Rosa
Enviado por Morgana Rosa em 18/11/2004
Código do texto: T124

Copyright © 2004. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Morgana Rosa
Salvador - Bahia - Brasil
248 textos (11185 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 01:56)
Morgana Rosa