Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu quarto

 
Meu quarto...

Hj tenho muitos poemas que não terminei...
Sentimentos que não descrevi
E momentos que idealizei,porém me recuso a lembrar.
Não que me doa reprimir tais sentimentos e lembranças
É que resolvi guarda-los na caixa do esquecimento
Na mala do desgosto
Resolvi colocar toda a desilusão
Parte daquilo que restou da triste viagem
A tua terra amar...
Agora estou em casa e tudo me é frustração
Hj estou tentando arrumar o meu quarto...
Meus Deus,meu guarda roupa de sonhos esta mofado
Há muito tempo não me visto bem
Estou deixado ao tradicionalismo do preto ‘solidão’
Meus calçados do desejo estão sujos,velhos
Afinal estou de pés feridos,descalços de carinho
Ao chão vejo apenas o findar
Minha cama da vida ainda é a mesma
Continua inteira apesar de tão gasta
Porém o colchão da esperança
Seria impossivél me deitar...
Ao canto vejo o criado pranto
Sim,pois outrora era mudo,hj apenas pranto
Na parede vejos fragmentos do meu amar
Teu perfume que outrora vida,exala apenas ausencia
Assim como teus batons que de cores em beleza
Hj pintam apenas saudades
Ali nada de mim restou apenas teias de lembranças
Na tua penteadeira da ilusão
Me vejo apenas no espelho da tua indiferença...

Junior Antonio
Enviado por Junior Antonio em 18/03/2006
Código do texto: T124974
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Junior Antonio
Paracatu - Minas Gerais - Brasil
181 textos (8135 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:06)
Junior Antonio