Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOMINGO

 

Hoje é domingo de paz e de guerra
No planeta estranho com o nome Terra
De gente que canta e vive  sorrindo
De olhos fechando e flores se abrindo

Encontro de almas em um só coração
E olhos marejados de lágrimas e desilusão
Preces que agradecem o dia tão lindo
Saudade que enlouquece do amor proibido

Poucos ostentam luxo e grandeza
Milhares sucumbem à fome e pobreza
Para todos do lar é dia de energias refazer
Menos para a mulher, que trabalha até morrer.

Hoje é domingo, ouço o badalar de sinos
Um belo convite para almas salvar
Na escadaria dos templos dormem pequeninos
Sem terem um teto para os abrigar.

Esse é o mundo que o Senhor nos legou
Para vivermos na paz de Seu santo amor
Sublime desejo que não pode realizar
Porque o homem se fez dono da terra...
para o homem escravizar.


Para prestigiar com sua inestimável visita o site do autor, acesse:
www.LuzdaPoesia.Com

FalcaoSR
Enviado por FalcaoSR em 19/03/2006
Reeditado em 08/04/2010
Código do texto: T125166
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FalcaoSR
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
202 textos (26765 leituras)
7 áudios (1511 audições)
8 e-livros (331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:29)
FalcaoSR