Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tô rindo à toa!

"Rá! Rá! Rá! Rá! Ráaaa! Tô rindo à toa!"
Do "espetáculo" das cepeís.
De tudo que o político diz.
Dos programas de tevê,
Por favor, responda-me, você:
Há um bom programa pra assistir?
Por favor, me indique,
Mas não se esqueça de rir;
Rir é o melhor remédio.
Rir do imenso tédio.
Rir do Rubinho,
Da Ferrari, segundinho;
Previsto como um novo Senna;
Mas ele ganhou na Sena,
Faturando milhões, (o coitado)
Porém, não ri ano passado.
Agora, rio e você, ria a valer
Da mudez do Duda Mendonça,
Pra não ficar uma onça
E seu fígado azedar.
Ria! Ria! Rir é o melhor remédio.
Ria na fila do banco, juros, bilionário
Ria do seu "ótimo" salário.
Ria! Está fresquinho o caso;
Caso, lembra caseiro,
No meio de um "vespeiro"
Que quer picar a sua língua,
Pra não atrapalhar o Palocci.
Ria! Ria!; não adianta se lamentar
E, sim, rir... nada adianta...
Ria para não chorar!





JOÃO OSMAR
Enviado por JOÃO OSMAR em 19/03/2006
Código do texto: T125399
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOÃO OSMAR
Salesópolis - São Paulo - Brasil
87 textos (6398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:18)
JOÃO OSMAR