Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
LABORATÓRIO EXISTENCIAL

Como aprendi a amar
Porque aprendi a querer
Como aprendi a pensar
Porque aprendi a ser.

Como aprendi a viver
Porque aprendi a ensinar
Como aprendi a aprender
Porque aprendi a errar.

Porque aprendi a morrer
Como aprendia a ponderar
Porque aprendi a esquecer
Como aprendi a responder

Porque aprendi a esperar.
Como aprendi a correr
Porque aprendi a organizar
Como aprendi a alegrar

Porque aprendi a sorrir
Como aprendi a lutar
Porque aprendi a fugir.

Para voltar
A persistir
E seguir
Sem descansar.
Aprendi a melhorar
O mundo
A partir de mim.

Expandindo para tudo
A utopia do absurdo
É uma crença realizada
A utopia da perfeição
É uma crença ignorada.

Sob experimentação está a civilização
Por si abandonada
Para vencer o caos da situação formada
Somente com a preparação
Da união socializada
De uma globalização mal educada
Desordenada, despreparada e desgovernada.

O ensino é uma demonstração
A aprendizagem uma observação
De idéias assimiladas...
Vezes verdadeiras ora dissimuladas.
Aprendam a aprender
E o que ensinam, façam praticar.
O que transmita razão faça raciocinar.
E o que emocione façam reflexionar...

Para conherer outras obras do autor compre seu livro:

TRANSPOESIA   
                                                                                                        




CicBenSil
Enviado por CicBenSil em 22/03/2006
Reeditado em 25/06/2010
Código do texto: T126652
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CicBenSil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
417 textos (17558 leituras)
5 áudios (518 audições)
4 e-livros (252 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:08)
CicBenSil