Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha Pequena Estrela

Agora tudo o que se ouvia
Era o Silencio
Em cada centímetro da carne

As mãos manchadas de sangue e sal
Tinham o peso do chumbo
E não mais se moviam

Um fio de vida escorria
Do canto dos olhos ainda abertos
E a cada novo instante
Todas as coisas pareciam estar
De volta onde estiveram antes...

Mas era tão longe o teu espelho
E o tempo que agora abria contagem
Regressiva
Já não mais amanheceria.

Todos vão ficar na memória
Como um retrato ao avesso
Todos,
Menos você minha pequena estrela...


ULISSES de ABREU
Enviado por ULISSES de ABREU em 24/03/2006
Reeditado em 16/10/2011
Código do texto: T128080

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor e endereço para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ULISSES de ABREU
Viçosa - Minas Gerais - Brasil
608 textos (207329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:25)
ULISSES de ABREU